Ceft - Central do Fisioterapeuta


Cursos > Tratamento da coluna vertebral baseada na classificação em subgrupos

Tratamento da coluna vertebral baseada na classificação em subgrupos

De R$ 690,00 porR$ 590,00

Fazer reserva Vagas limitadas

Público Alvo:
Fisioterapeutas e Acadêmicos de Fisioterapia

Justificativa da realização do curso:

Tanto a dor lombar quanto a dor cervical pode ter origem do comprometimento de diversas estruturas, tornando difícil a determinação do diagnóstico preciso responsável pela manifestação dos sintomas. Além disso, diversos estudos tem demonstrado ausência ou baixa relação entre achados de imagem (Raio-X e RM) com a presença e/ou intensidade dos sintomas em sujeitos com disfunção lombar e cervical.
Estudos demonstram que apenas 10-15% dos pacientes que se apresentam nas clínicas de fisioterapia apresentam um diagnóstico preciso, enquanto o restante (até 90% dos casos) será diagnosticado como “dor lombar de origem inespecífica” e “dor cervical de origem mecânica”. Uma vez que o modelo médico de avaliação-conduta prevê que para a realização de um tratamento efetivo é necessário o conhecimento preciso da estrutura acometida, por muitos anos o tratamento fisioterapêutico foi empiricamente realizado, visto que não sabemos, na maioria dos casos, as estruturas acometidas. Porém, recentemente, uma nova proposta de avaliação-conduta que objetiva aperfeiçoar o tratamento conservador tem sido mundialmente difundida.

Atualmente, acredita-se que dentro dos grandes grupos de pacientes que apresentam dor lombar e cervical, exista sub-grupos de pacientes com características clínicas semelhantes que se beneficiariam especificamente de determinada técnica de tratamento. Recentes revisões publicadas na Cochrane verificaram que a utilização de técnicas de manipulação/mobilização e tração parece não ser melhor do que outras formas de intervenção (Rubinstein et al, 2012; Wegner et al, 2012; Graham et al, 2011; Gross et al, 2010), enquanto que a utilização de exercícios de fortalecimento parece promover apenas pequenos benefícios para pacientes com dor crônica lombar e cervical (pequeno effect size). A presença de sub-grupos de pacientes com dor lombar e cervical pode ser um importante fator responsável pelos achados pouco expressivos desses artigos, visto que talvez nem todos os sujeitos que receberam determinado tratamento tinham indicação para o mesmo.

Tal conceito sugere que a inclusão de um paciente em um sub-grupo aumentaria sua chance de ter sucesso com determinado tratamento. Delitto et al (1995) foram os primeiros a explorar essa forma de conduta com os pacientes com dor lombar. Segundo eles, o processo de avaliação-conduta deveria ser composto por três níveis de classificação: (1) Determinação de sinais de alarme e de atenção; (2) determinação do estágio do paciente; e por fim, determinação do subgrupo do paciente com a respectiva forma de tratamento a ser aplicada (•    Estabilização Segmentar, Exercícios na Direção Preferencial, Manipulação/Mobilização e Tração).

Objetivos:
- Introduzir o conceito de tratamento da dor lombar e cervical pelo método de classificação em subgrupos;
- Definir o conceito de regra de predição clínica e a sua aplicabilidade;
- Apresentar a metodologia de classificação em níveis do Treatment-based Classification (TBC) para pacientes com dor aguda e sub-aguda;
- Apresentar os conceitos e técnicas de tratamento de Estabilização Segmentar, Exercícios na Direção Preferencial, Manipulação/Mobilização e Tração.
- Apresentar evidências científicas que respaldam a indicação e utilização do método;

Composição do Curso:
70% de conteúdo teórico e 30% de conteúdo prático.

Ministrante:
Ft. PhD. Rodrigo de Marche Baldon

- Fisioterapeuta formado pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), onde também concluiu seu Mestrado e Doutorado em Fisioterapia em Ortopedia e Traumatologia;
- Possui especialização em Fisioterapia Esportiva pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP);
- Possui experiência internacional (Fellow na University of Pittsburgh) e publicação de inúmeros artigos científicos nas revistas internacionais mais renomadas da área de fisioterapia;
- Possui formação em diversos conceitos de terapia manual, como Maitland, Mulligan, Neurodinâmica Clínica e, atualmente, está realizando a formação em MDT - McKenzie;
- Ministra aulas em cursos de pós-graduação em fisioterapia e realiza atendimento diário na Clínica Orthus (Av. Rondon Pacheco, 381) em Uberlândia.

Data:08/07/2017 a 09/07/2017

Horário:8hs às 19hs

Duração:20hs

Local:Hotel Nacional Inn - Boa viagem - Recife

Investimento:R$ 590,00 (à vista)

R$ 690,00 (Parcelado em todos os cartões de Crédito)

Formulário de Reserva

Faça já sua reserva antecipada. Informe seus dados, que entraremos em contato quando o curso estiver agendado. Fique atento e garanta já a sua vaga!


Aceito os Termos de Adesao

CEFT - Central do Fisioterapeuta
81 3082.6532 | 81 99676.4341 (WhatsApp)

© Todos os direitos reservados. 2012 | centraldofisioterapeuta.com.br

by nuvon | www.nuvon.com.br